Como perder aqueles kg extras da gravidez?

A perda de peso é um assunto que paira sobre o nosso imaginário Nós já nos preocupamos o suficiente com os quilinhos extras e a sociedade machista ainda nos cobra ainda mais por isso.

Então, independente da idade ou da fase que estejamos passando, essa será sempre uma preocupação real e pertinente.

   perder-peso-apos-a-gravidez

Não podemos ignorar esse nosso desejo e, muito menos, julgarmos se, em caso da gravidez, essa não seria uma preocupação desproporcional ou descabida.

A minha ideia é compartilhar um pouco das angústias que vivi durante o processo de perda de peso após a gravidez e dizer o que funcionou e o que não funcionou para mim.

Começando do começo. rs.

Antes da gravidez, eu pesava 58kg com 1.68 de altura. Eu me considerava magra.

Depois da gravidez, eu estava pesando 68kg, já descontados os kg extras da minha bebe e a perda que há logo após o parto.

Quando eu me vi com o saldo final de 10kg acima do meu peso anterior a gravidez, eu quase surtei.

Eu não conseguia imaginar uma forma de voltar no tempo. A primeira recomendação que eu faço, e que eu julgo ser a mais inteligente, é para você não deixar isso acontecer porque, por incrível que pareça, é mais fácil controlar durante a gravidez, evitando engordar de forma desnecessária, do que recuperar o peso após a gravidez.

Ainda mais quando você perde o controle, como eu perdi, e engorda 10kg ou mais.

Proporcionalmente, 10kg representa quase 15% do meu peso corporal atual. É uma perda significativa.

Mas como brasileira não desiste nunca, eu fui à luta.

exercicios-pos-gravidez

No começo, sem experiência, eu fiz tudo errado. Eu mesma fiz o meu planejamento alimentar, eu ia pra academia e fazia alguns exercícios aeróbicos da minha cabeça, no final de semana tentava fazer uns jejuns, etc.

Tudo isso sem orientação profissional e sempre na correria. Fica aqui a primeira grande lição: ajuda profissional é necessária e deve ser encarada como investimento.

Claro que a gente tenta economizar de alguma forma mas, mesmo assim, precisamos de bom senso.

Eu não estou falando para você contratar o melhor personal da sua cidade nem em marcar consulta com o nutrológo que atende as atrizes globais.

Mas também não dá para nos enganarmos e acharmos que podemos tentar dar conta de tudo sozinhas.

Então meu primeiro recado está dado. Procure bons profissionais tanto para a parte alimentar (nutricionista, nutrológo, endocrinologista, etc) quanto para a parte física (academia, personal, aula de dança, alguma arte marcial, pilates, etc)

Como essas escolhas são muito pessoais, fique à vontade e escolha algo que combine com você.

Outro erro que eu cometi. Interpretei de forma equivocada algumas leituras que diziam que a amanentação por si só me faria voltar ao peso de antes. Balela!

Você até vai emagrecer um pouco em função da amamentação. Não só pela energia gasta pelo seu corpo na produção do leite mas também porque você acaba se desgastando fisicamente na tarefa de amamentar.

A mulher durante a fase de amamentação fica completamente exausta. Você levanta varias vezes durante a noite, fica com seu bebê no colo boa parte do dia e ainda por cima tem que dar conta das responsabilidades da casa, do seu bebê e do seu marido.

Nem preciso entrar em detalhes pra dizer que o gasto de energia é intenso, principalmente com o maridão que quer chegar junto como se nada tivesse acontecido.

Eu tenho qe confessar uma coisa para vocês, logo depois do período de resguardo foi o período que eu mais emagreci. Meu marido chegava junto firme e eu até que estava gostando. Perdi uns 4kg nessa fase.

Mas voltando ao papo inicial. Você precisa entender que a amamentação é uma fase difícil, você provavelmente vai perder algum peso, mas vc não pode, de jeito nenhum, depositar todas as sua fichas nisso.

amor-durante-a-gravidez

Você precisa se alimentar direito para que tenha um leite saudável e para reunir forças físicas para esse momento.

A melhor estratégia é você fazer um planejamento alimentar junto com um profissional que vai te recomendar alimentos mais apropriados à manutenção da qualidade nutricional do leite e, ao mesmo tempo, que favoreçam a perda de peso, acelerem o metabolismo e que tenham um baixo nível glicêmico.

Como cada mulher tem uma fisiologia própria, seria leviano da minha parte apontar determinados alimentos ou contra-indicar outros. Procure um profissional e seja feliz.

Em relação à atividade física eu tenho uma sugestão.

Na minha época, o que eu mais queria era algo que eu pudesse fazer em casa, no meu tempo livre, sem pesos ou aparelhos e que eu pudesse ficar mais tempo com o meu bebê sem precisar me ausentar para ir à academia.

hidroginastica-durante-gravidez

Tempos depois da minha gravidez, quando eu já estava pesando 62kg, uma amiga me recomendou um programa de exercícios chamado Mamãe Sarada.

A profissional responsável pelo método é a Gabriela Cangussú. Ela é formada em educação física e especialista em exercícios para mulheres que engravidaram, tiveram seus bebês mas ainda não conseguiram perder aqueles kg extras.

Ela criou um programa especializado para mulheres, focado nas partes do corpo mais afetadas pela gravidez.

Como o programa é todo em vídeo-aulas, você pode assistir no conforto da sua casa e pode repetir os vídeos de acordo com o seu interesse. Você tem o controle sobre o processo.

Além disso, o programa ainda conta com um plano nutricional e você passa a fazer parte de um grupo no facebook, onde são trocadas experiências e dicas sobre o programa.

Sinceramente, eu não acredito que exista algo melhor. Minha amiga fez altos elogios e eu confio muito nela.

Se você tiver interesse, acho que vale assistir o vídeo.

Espero que você volte aqui e me conte quantos kg você conseguiu perder e como a sua vida mudou depois disso.

Até a proxima meninas!

Leave a Comment